A Importância do Brincar para bebês e crianças

Férias combina com diversão e brincadeira!

Nesse momento de férias e descanso, nada melhor para passar o tempo do que uma brincadeira divertida que alegra toda a família.

Por isso conversamos com a Camila Teixeira, Terapeuta Ocupacional aqui do CESD, sobre a importância do brincar para bebês e crianças.

Veja a seguir o que ela nos disse:

“O objetivo da terapia ocupacional é focado no desenvolvimento das habilidades adequadas a cada faixa etária. Para isso, o principal método de trabalho é o brincar, utilizando-se de atividades lúdicas como recurso terapêutico. Desta forma, os brinquedos não são utilizados apenas para compor a brincadeira, mas sim para estimular habilidades em que a criança apresente alguma dificuldade. Estes são selecionados através da necessidade e do contexto da criança. Além disso, brincar é a principal ocupação de crianças nesta faixa etária e agrega benefícios como:

1. Proporcionar um meio ou um ambiente pelo qual a criança desenvolva habilidades nas áreas sensoriais, cognitivas, motoras, sociais, emocionais e de interação.

2. É através do brincar que a criança descobre o mundo. Descobrir o mundo dessa maneira, proporciona que a criança generalize habilidades adquiridas e estratégias de ação, adaptação e enfrentamento, ou seja, a criança desenvolve um "saber-fazer" experimental que ela vai utilizar para toda a vida.

3. É brincando que a criança começa a compreender que ela pode influenciar e modificar o ambiente. Assim, gradualmente ela entende que tem a capacidade de decidir e que é autossuficiente, compondo aspectos necessários para a autonomia e independência. 

4. A partir da liberdade proposta pelo brincar, a criança, no ambiente lúdico, cria e manifesta as suas habilidades criativas.

5. Por meio do brincar as crianças podem expressar seus sentimentos, tanto positivos quanto negativos, pois trata-se da primeira linguagem da criança, mesmo quando essa não faz o uso de palavras.

6. É brincando que atividades de autocuidado começam a fazer sentido para criança como método de aprendizagem experimental.

7. As brincadeiras compartilhadas com os pais/cuidadores potencializam o vínculo afetivo entre os lados.

8. A criança adquire conceitos de orientação espacial quando brinca, noções de dentro/fora, em cima/embaixo, direita/esquerda, frente/atrás, etc...

9. No brincar direcionado a criança potencializa aspectos de atenção e concentração.

Então brinque! Proporcione um espaço lúdico, com brincadeiras de começo, meio e fim. Dê sentido para as brincadeiras para melhorar o engajamento das crianças. Permita que a criança explore texturas, cheiros, gostos, sons e movimentos. Escolha com a criança os recursos que irão utilizar para as brincadeiras, deixe que ela participe de cada etapa do processo, para que o produto final faça sentido para ela. Elogie, incentive, ensine e participe do brincar da criança.”

Para mais conteúdo como esse, fique ligados no nosso site, que estamos preparando muito mais para você!

BAIXAR ARQUIVO

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Para maiores informações consulte nossa Política de Privacidade .